Com forte interesse de PSG, United e Milan, Fla usa da mesma estratégia realizada com Vinícius Júnior para lucrar com venda de meio-campista

A base flamenguista ficou muito visada por clubes europeus nos últimos anos com a formação de atletas como Vini, Lucas Paquetá e Reinier Jesus 



base do Flamengo se tornou muito valorizada nos últimos anos. Não é à toa que o Mengão conseguiu vender por milhões jovens como JorgeVizeuLucas PaquetáVinícius Júnior e Reinier Jesus. Os gigantes clubes europeus ficaram mais atento aos garotos que estão se destacando no Mais Querido do Brasil e um atleta em especial vem chamando atenção. 
O meio-campista Fabrício, de apenas 16 anos, está despertando a cobiça de Paris Saint-GermainManchester United Milan. A joia é considerada muito talentosa e os dirigentes do Mais Querido do Brasil já tomam muito cuidado para não o perder precocemente. O interesse do Rossonero foi primeiramente antecipado pelo repórter Gustavo Henrique.  
Já se precavendo do assédio, a cúpula flamenguista pretende usar da mesma estratégia que realizou com Vinícius Júnior para lucrar bastante com uma futura venda. O craque, que hoje está no Real Madrid, foi negociado em 2018 por 45 milhões de euros e se tornou a maior transação da história do Flamengo. Com Fabrício não deve ser diferente, as características do atleta chamam muito atenção. 
O meia fez um golaço do meio de campo no ano passado e o lance viralizou na internet. A técnica da promessa chama muito atenção para um jogador desta idade. A capacidade de decisão na frente do gol também é outro ponto positivo em relação ao garoto. Feliz e muito grato ao Rubro-Negro, Fabrício tem sonho de chegar ao profissional do Mengo e virar destaque na equipe principal. 
Funcionários da base do clube carioca já trabalham com um plano de carreira para o meia. Os representantes da joia também estão felizes com todo o suporte oferecido pelo Flamengo e não pensam em forçar qualquer tipo de negociação com algum time europeu.  
Postagem Anterior Próxima Postagem