Flamengo aguarda recebimento de R$ 53 milhões com negociações para equilibrar finanças; Reinier puxa a fila

A diretoria do Mais Querido está de olho em valores que terá para receber em breve, buscando reforçar os caixas em meio à incerteza quanto ao retorno definitivo dos jogos


Flamengo foi um dos incentivadores para a volta do futebol brasileiro, que foi marcada com a partida contra o Bangu, na última semana, pela Taça Rio. De olho nas discussões ainda sobre a MP que alterou regras para transmissão no país, o Rubro-Negro não tira o olho do impacto financeiro causado pela paralisação nas competições devido à pandemia.

Depois de renegociar pagamentos e reduzir os salários do grupo por dois meses, o Mais Querido tem uma saída no horizonte. A diretoria aguarda o recebimento de valores milionários para reforçar os caixas. Nesta quarta-feira (23), o site Globoesporte.com revelou que o clube deve receber em breve valores referentes a três negociações.

A fila é puxada por Reinier, vendido ao Real Madrid, da Espanha. O Flamengo espera o depósito, no dia 10 de julho, de 6,6 milhões de euros (cerca de R$ 38,83 milhões) pelo meio-campista. Os merengues ainda têm outras duas parcelas do mesmo valor, a serem quitadas em 2021, no dias 10 de janeiro e 10 de julho.

No dia 1º de julho, o Lyon, da França, deve depositar 2 milhões de euros (R$ 11,77 milhões) pelo volante Jean Lucas. Já a Udinese, da Itália, terá que desembolsar 500 mil dólares (R$ 2,6 milhões), referente a última parcela da contratação do atacante Felipe Vizeu. Ao todo, serão R$ 53,2 milhões injetados nos cofres cariocas.

alta do euro se torna uma boa notícia após virar motivo de alerta pela contratação de Gabigol, por 16,5 milhões de euros (R$ 97,32 milhões, na conversão atual), e interferir na negociação com o técnico Jorge Jesus. A diretoria, enquanto isso, tenta 'empurrar' as parcelas pela chegada de Pedro para 2021. O preço a ser pago à Fiorentina, da Itália, é de 2 milhões de euros (R$ 11,80 milhões).


Postagem Anterior Próxima Postagem